Justiça do Acre condena membros de facção criminosa e determina doação de R$ 100 mil ao Estado

11


O Judiciário acreano condenou quatro membros de uma facção criminosa por promoção, constituição, financiamento ou integração a organização criminosa.

Além da prisão dos condenados, que somadas ultrapassam 20 anos de reclusão, R$ 100 mil apreendidos com um dos integrantes, devem ser doados ao Estado do Acre para o combate ao crime organizado.

A decisão, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, determinou que outras 133 pessoas, denunciadas pelo Ministério Público do Acre (MP-AC), acusadas de participar da facção tenham o desmembramento em 21 processos, em grupo de cinco acusados, para “melhor acompanhamento da (s) sentença (s) pelas partes” e “gestão processual de eventuais penas”.

Para o juiz Danniel Bomfim, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, há nos autos do processo provas materiais e documentais que comprovam “de forma patente e fartamente narrada e demonstrada” a participação das quatro pessoas na facção criminosa.



Ver Matéria Original

SHARE