Maduro substitui quatro ministros e presidente da PDVSA

7


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, modificou neste domingo (26) parte de seu gabinete, ao substituir os titulares dos ministérios de Comércio Exterior e Investimentos Internacionais, Habitação, Transporte, e Petróleo e Energia.

Em seu programa televisivo dominical, o chefe de Estado venezuelano anunciou José Vilema Mora, ex-governador do estado de Táchira, no oeste, como ministro de Comércio Exterior e Investimentos Internacionais. Ao ministro anterior, Miguel Pérez Abad, Maduro passou a direção do Banco Bicentenário.

Para a pasta de Habitação, o presidente nomeou o general Ildemaro Villarroel. O cargo vinha sendo desempenhado pelo também militar Manuel Quevedo, que passou a ser ministro de Petróleo e Energia e presidente da estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA).

Por fim, Maduro designou o chefe da Missão Transporte, Carlos Osório, sancionado pelos EUA, como ministro de Transporte. O titular até então, o general Juan García Toussaintt, está impedido por problemas de saúde.

Militar à frente do petróleo venezuelano

Nicolás Maduro fez esses anúncios minutos depois de anunciar o militar Quevedo como presidente da PDVSA, com a missão de “reestruturar” a companhia. Nos últimos meses, vários de seus gerentes foram detidos por corrupção.

“Vamos efetuar uma reestruturação total da PDVSA, por isso anuncio a designação do major-general Manuel Quevedo como novo presidente da indústria petrolífera, a nossa amada PDVSA”, anunciou.



Ver Matéria Original

SHARE

LEAVE A REPLY